sexta-feira, 5 de julho de 2013

Pé de Poesia

Corpo em Desalinho

Pesado corpo
Em sangramento
Não sustenta
Nem massa
Nem gente
Pensamento
Mente
Desorienta
É o grito
De ser
Somente
Mulher!