terça-feira, 1 de dezembro de 2015

A melhor parte do "escrever" é reler o que um dia pensei. É um jeito único e prazeroso de me conhecer. Ultrapassa as margens do autoconhecimento, qualquer experiência de me conhecer se torna pequena perto dessa única ação: ler o que um dia escrevi!

Preciso me lembrar de fazer isso mais vezes!